PAPOS DE QUINTAL: Rodas de conversa sobre gordofobia. Chama a gente!

É com muita alegria, emoção e carinho que anunciamos nosso primeiro evento do Projeto lute como uma gorda, que ganhou nomeeee … Papos de quintal! Em pensar que, quando chegamos nesse formato, seria apenas um teste para observar como seria recebido nossa proposta de pensar sobre Gordofobia em diversos segmentos em nosso Estado. Nossa intuiçãoContinuar lendo “PAPOS DE QUINTAL: Rodas de conversa sobre gordofobia. Chama a gente!”

GORDAS XÔMANAS!

“O empoderamento individual e coletivo são duas faces indissociáveis do mesmo processo, pois o empoderamento individual está fadado ao empoderamento coletivo, uma vez que uma coletividade empoderada não pode ser formada por individualidades e  subjetividades que não estejam conscientemente atuantes dentro de processos de empoderamento.” Joice Berth, O que é empoderamento, 2018.   Segundo o dicionárioContinuar lendo “GORDAS XÔMANAS!”

2ª Roda de Conversa: Gordofobia no Mercado de Trabalho

Nossa segunda Roda de Conversa foi muito potencia, lotamos, transbordamos, rimos, choramos, mas acima de tudo nos amamos. Porque é assim quando a gente se encontra, muitos afetos transbordam de tanta emoção de poder falar aquilo que nosso corpo sempre sentiu e era tabu falar sobre. Também foi legal ver muita gente que não é gorda, mas se interessou pelo tema. Gratidão define esse evento!

Corpos Femininos Dissidentes: Racismo e Gordofobia na sociedade do ódio imanente.

Corpos femininos dissidentes: Racismo e Gordofobia na sociedade do ódio imanente foi uma palestra que fizemos com a parceria do IMUNE Instituto de Mulheres Negras de Mato Grosso, juntas levantamos uma discussão importante sobre nós mulheres gordas e elas sobre o racismo, já que acreditamos que antes de qualquer assunto, devemos introduzir a discussão sobre o racismo estrutural no Brasil e depois passamos para o próximo tema. O evento aconteceu no Anfiteatro da Geografia no bloco do ICHS Instituto de Ciencias humanas e sociais na Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT e foi potencia total.