Discoperformance: “A FELICIDADE DO CORPO GORDO”

Discorperfomance: “A Felicidade do Corpo Gordo”, de DJ Nanny. Essa discoperformance a gente vem mostrar o outro lado, que é a felicidade de ser gorde. Somos muito felizes em ser gorda, temos o prazer em amar esse corpo que é tão desprezado, e que tão nos faz sentir bem.

História de um corpo gordo

A dor que um dia aqui reinou Por injurias que esse corpo já presenciou “GORDA, VOCÊ PRECISA EMAGRECER “ E sempre um padrão estão querendo me estabelecer. O templo que meu corpo é buscava amor em outros corpos Pois o amor que mais necessitava Foi desde criança ensinada a ser rejeitada. Uma vida que começouContinuar lendo “História de um corpo gordo”

curso online Insurgências Gordas II

Segunda edição do curso reúne intelectualdiade gorda do Brasil para aulas online com temas que passam pela saúde, mídia e comunicação, sexualidade, arte, racismo, moda, teatro e corpo gordo, filosofia e literatura  Estão abertas as inscrições para o curso Insurgências Gordas II, que ocorre entre os dias 01 a 08 de abril de 2021, sempreContinuar lendo “curso online Insurgências Gordas II”

Foto Ativismo, por Isabele da Costa

Sou nesse momento uma mistura de sentimentos como felicidade e gratidão, o que me deixa um tanto eufórica por estar ao lado de pessoas tão incríveis, companheires de luta contra a Gordofobia. Gostaria de me apresentar e falar um pouco sobre a minha trajetória e como fui me firmando enquanto Fotógrafa Autoral e Artista Gorda.Continuar lendo “Foto Ativismo, por Isabele da Costa”

Gorda Não É Estado

Lute e leve seu corpo juntoÉ tanto grito, ironiaA segurança alheia gera agonia Lute e leve seu corpo juntoNas curvas de Santos ouPela serra do Rio do Rastro Lute e leve seu corpo junto“Robusta, gostosa, que rosto lindo”Gorda não é estado, é Ser! É mais que rosto! Lute e leve seu corpo juntoEmpoderamento, sustentaçãoNão éContinuar lendo “Gorda Não É Estado”

e eu não sou uma mulher? a bestialização da mulher gorda Por Jéssica Balbino*

‘Feliz’ Dia Internacional da Mulher sem flores Nunca o discurso da ativista abolicionista Sojourner Truth foi tão atual e urgente. Ontem, num domingo chuvoso (7 de março), véspera do fatídico Dia Internacional das Mulheres, fui obrigada a ler não uma, mas muitas vezes, nas timelines de diferentes amigas, em diferentes redes sociais, que todas elas desprezam asContinuar lendo “e eu não sou uma mulher? a bestialização da mulher gorda Por Jéssica Balbino*”

Meu corpo, minha casa, minhas insurgências!

Eles falam: nosso corpo, nossa casa! Mas que casa é essa, que é tão reprimida? Que casa é essa, que não nos permitem morar nela? Que casa é essa, que sem conhecerem, a classificam como um galpão… Grande!…Vazio!…Inútil!… Despejam neste corpo, falácias! Despejam neste corpo, gordofobia! Despejam neste corpo, a inexistência. Quando a casa éContinuar lendo “Meu corpo, minha casa, minhas insurgências!”