História de um corpo gordo

Na foto: Luíza Maira
Na Direção de Arte e Fotografia: Isabele da Costa

A dor que um dia aqui reinou

Por injurias que esse corpo já presenciou

“GORDA, VOCÊ PRECISA EMAGRECER “

E sempre um padrão estão querendo me estabelecer.

O templo que meu corpo é

buscava amor em outros corpos

Pois o amor que mais necessitava

Foi desde criança ensinada a ser rejeitada.

Uma vida que começou a mudar

Anos depois através do seu próprio olhar

O filtro do padrão foi quebrado

E o amor e a contemplação própria foi instalado.

Um corpo gordo e cheio de história

Esperando o momento de todes nesta mesma vitória.


POEMA DE CAMILA SILVA BEGUETTO

Camila, 20 anos, graduanda de psicologia e reside na cidade de Ourinhos, interior de SP. Gorda menor, desde muito nova sofria com seu corpo, cresceu confusa em meio as suas curvas e buscou na escrita uma forma de refúgio dos padrões que tanto queriam a engolir. Hoje se desconstrói para construir novamente, está em busca de ajudar outras pessoas que passaram e passam por experiências semelhantes.
IG insta: @sbcami

FOTOATIVISMO POÉTICO CONTRA A GORDOFOBIA

Na foto: Luíza Maira
Na Direção de Arte e Fotografia: ©️Isabele da Costa (Fotógrafa Autoral)

Todos os direitos reservados – Copyright
Reprodução extremamente proibida
Todas as fotos dessa postagem estão protegidas pelo art. 7º, inc. VII da Lei do Direito Autoral Nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Havendo interesse (quaisquer que sejam) nessas imagens, gentileza entrar em contato com a autora. Caso for compartilhar ou divulgar em outro espaço, credite devidamente.

Instagram: @isabeledcosta
https://www.instagram.com/isabeledcosta
E-mail: isabeledcosta@gmail.com

Publicado por LUTE COMO UMA GORDA

O Projeto Lute como uma Gorda, surgiu com a necessidade de levar para fora da academia a discussão sobre GORDOFOBIA e os Corpos Gordos femininos, essa ideia é uma extensão-ação, anexa ao espaço virtual (Istagram/Facebook), etapa importante das investigações de doutoramento da idealizadora do projeto. A questão de discussão central, de todas as ações deste projeto estará na provocação da reflexão sobre a estigmatização do corpo gordo feminino em sociedade e suas consequências. Como forma de chamamentos e provocações, para as questões da Gordofobia em nossa sociedade, desenvolvemos rodas de conversas, Workshops e Minicursos Temáticos; Assessoria para profissionais de diversas áreas, Distribuição de Cartilhas Informativas, Artigos, Redes Sociais, etc.

Um comentário em “História de um corpo gordo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: